segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Nostalgia

Sou uma pessoa nostálgica. Gosto de relembrar, reviver nem sempre, as coisas boas do passado. Ou, aquilo que atualmente eu idealizo como bom.
Tudo aquilo que me fez mal, não gosto de lembrar;muito menos de reviver. Sempre tive essa facilidade ao desapego com tudo que me faz mal. Acho que é por isso que já ouvi algumas vezes na vida que pareço fria. Podem dizer, eu sei que não sou. Já quis ser, mas não sou. Eu simplesmente quero o meu bem. Acho que é nesse ponto que eu me diferencio das pessoas, principalmente das garotas da minha idade. Me desapego, na maioria das vezes sem medo, de pessoas e sentimentos que me fazem mal. Contudo, confesso que livrar-se de pessoas é muito mais fácil do que livrar-se de sentimentos. E, na minha concepção, isso não é frieza. É amor-próprio. E, se tem algo que eu aprendi em casa e com a vidaa, é que amando e aceitando primeiramente à si mesmo, você acaba amando e conquistando VERDADEIRAMENTE as pessoas.
Não tenho sempre pessoas ao meu redor, a conseqüência (na verdade, acho isso um triunfo :x) do amor-próprio é gostar de ser solitário algumas vezes. Afinal, gosto muito da minha companhia, gosto de mim mesma. E, sem com que eu perceba, as poucas pessoas que estão ao meu redor também gostam de mim, da minha companhia (apesar de tudo). Isso é o bom de se conhecer de verdade: você acaba conhecendo verdadeiramente as pessoas que te cercam. E não deixa de gostá-las por isso.

5 comentários:

Neal Cassady disse...

Eu queria ter esse desapego...
Muito, mesmo.
Mas não, não tenho.
É terrível...
Mas o passado me chama.
E eu quase sempre não consigo ignorá-lo...
E quanto ao que disse sobre os amigos, não me lembro quem me disse isso, ou quando, mas os verdadeiros amigos são aquelas pessoas que nos conhecem bem, e, incrivelmente, ainda nos querem bem...

Pelo menos posso dizer que os amigos que terem são assim, e é um consolo, pela sua pequena quantidade...

Mas, o ser gumano é em geral, um ser nostálgico.

Nesse momento, por exemplo, minha memória aumente...
E minha vida diminuI!

Mundo de Felicity disse...

Oii Cá...

Estive lendo teu blog..caramba menina..

A gente pensa muito parecido...olha..tenho muitas histórias pra contar...talvez goste delas..

Se estiver procurando uma amiga..ou sei lá..alguém pra jogar uma conversa fora...ou conversar sobre os infortúnios que nos acontecem...aí vai meu msn...

ticidaniele@hotmail.com

espero q vc me adicione...

Grande abraço...Boa noite

K�lylla disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Luíza disse...

Esse é um daqueles textos que a gente lê e tem a certeza de que poderíamos tê-lo escrito!
Eu amei! E também gosto de ficar só às vezes.
Beijão Cá!!

Luíza disse...

Oi Ca. Volte a escrever, eu me identifico bastante com o que tu escreves.
Beijos